Adeus Ano Velho, Feliz Pump It Up!

E FELIZ 2013 PARA TODOS.

Começar o ano com o pé direito pede que todos desejem bom ano novo para os demais. Mas também pede alguns exercícios para compensar todos os exageros que a gente cometeu no combo Natal + Ano Novo.

Não que cometer exageros seja ruim. Não que comer demais seja um pecado mortal (ok, a gula é um pecado capital, mas tudo bem, é natal, os caras lá de cima entendem). MAS se bater aquela culpinha mesmo assim, ou se você apenas quiser uma vida mais saudável (e divertida), o Boreal Café te traz uma sugestão que pode ser uma ótima opção de jogo também.

Você já ouviu falar de uma máquina chamada Pump It Up?

(porque quem disse que a gente não fala de tecnologia também? :p)

A Pump It Up é uma máquina de simulação de dança, que existe desde 1999. Foi criada pela empresa sul-coreana Andamiro, e traz músicas do mundo todo - apesar da prioridade ser de músicas sul-coreanas, do estilo K-Pop, ou então criações do músico Yahpp - para você dançar em diversos níveis e estilos.

Então, é igual a DDR (Dance Dance Revolution)!

Hum... não. A DDR é da empresa japonesa Konami, e apesar desse game ser bastante comum em consoles como Wii e Playstation (em suas diversas versões), ele nada tem a ver com a Pump It Up. Enquanto o DDR tem quatro steps (cima, baixo, esquerda, direita), a Pump tem CINCO steps: cima-direita, cima-esquerda, baixo-direita, baixo-esquerda e step central. Sim, os steps da Pump It Up são diagonais, enquanto o step da DDR forma uma cruz.

E as diferenças não param por aí. A DDR é um jogo particularmente comum para consoles caseiros, apesar de apresentar versões arcade também. Em contra partida, a maior graça da Pump It Up consiste em exatamente ir até uma casa de jogos (os tradicionais fliperamas que seu primo mais velho frequentava para jogar Street Fighter, que eu sei) e jogar na máquina arcade. Claro que existem versões caseiras. A Andamiro lançou versões para Playstation (PS2), PC e XBOX, e você pode comprar o tapetinho para dançar ou, se preferir, jogar com o próprio controle do videogame.

(eu particularmente prefiro dançar no tapetinho, afinal a máquina serve para isso - dançar)

E como brinca?

O funcionamento da máquina (e das versões para PC e videogames) é bem simples, na verdade. Na tela, aparecem algumas setas, indicando qual passo você deve executar. Mas se alguma vez já jogou em simulador de dança, sabe que a coisa não é TÃO simples quanto parece.

A dica para quem está começando é jogar músicas mais lentas, que permitam que você entenda qual passo executará. Muitos passos em alta velocidade exigem que você tenha desenvolvido reflexos e consiga ler os passos de acordo com o ritmo da música.

Outra dica bacana é você usar os famosos códigos para espaçar os passos.

Quê?

Ok, como não sei explicar isso de forma clara, vamos demonstrar. Essa é uma música (brasileira, por sinal, cantada pelo grupo de lambada Kaoma) com as setas sem códigos, ou seja, com os passos juntos.

Não posso mais dizer "I want you"

Agora, reparem a MESMA música, com os códigos colocados e os passos espaçados.

E vamos seguir "another way"

Fica um pouco mais simples, não?

Ok, tem gente que prefere dançar com o menor número de códigos possível, porque conforme o código aumenta, a velocidade das setas também. Mas é fato que a mente consegue ler melhor quantidades menores de informação, e quando as setas estão sem código, elas ficam EXTREMAMENTE juntas, o que faz com que seja informação DEMAIS na cabeça.

Ok, como diabos então eu coloco esse código?

Depende da versão da máquina que você estiver jogando. Se forem as versões 1st Dance Floor, 2nd Dance Floor, 3rd OBG (Oldies But Goodies), OBG Season Evolution, The Collection, Perfect Collection, Extra, Premiere, The Premiere 2, The Premiere 3, Rebirth, The Prex, The Prex 2, The Prex 3, Exceed, Exceed 2, Zero, NX, NX2 e NXA (Absolute), o código é pisando nos steps, na seguinte ordem:

Cima-esquerda/cima-direita/cima-esquerda/cima-direita/central

A cada vez que você faz esse código, a velocidade aumenta. Faça uma vez, e o código ficará duas vezes (2x) mais rápido. Faça de novo, e ficará 3x mais rápido. De novo, 4x. Uma quarta vez, 8x mais rápido. Minha dica é que, se você estiver começando, que fique entre 2x e 3x mais rápido, somente. As demais velocidades de step exigem um olhar mais aguçado da tela e muito reflexo, que se desenvolvem com o tempo.

Há ainda outros códigos, que permitem que as setas sumam parcialmente ao chegar a hora do passo, que elas não apareçam, que o sistema de códigos acima da tela suma, que as setinhas troquem de cor... enfim, tem vários códigos e maneiras de utilizar as setas. Mas como o post é para iniciantes, vamos ficar somente com esse.

(até porque eu não sei os outros códigos, confesso)

AGORA, se você estiver jogando nas duas versões mais recentes da Pump (Fiesta e Fiesta EX), o sistema de códigos é um POUCO diferente.

Acontece que, no meio de tanto código e de tanta possibilidade de mudar as setas, a Andamiro pensou em um modo mais simples e prático de selecionar a velocidade e a jogabilidade dos steps. Então, fez um código único, que abre para um painel. Nesse painel, você escolhe a velocidade da música (agora com opções como aumentar em 0.5x a velocidade, por exemplo), além de escolher o modo como os steps vão aparecer. Basta utilizar o código 131313 e TCHARAM, começam suas opções.

Mais oferta que feira na hora da xepa!

Os níveis das músicas

Para que todos possam jogar, até mesmo os iniciantes de plantão, as músicas apresentam diversos níveis de dificuldade. Conforme você for jogando e aprendendo, você pode ir aumentando de nível, o que significa que a máquina vai exigir cada vez de suas habilidades (e do seu corpinho e condicionamento físico, diga-se de passagem).

Das versões 1st Dance Floor à NXA, as músicas se dividiam da seguinte forma: Normal, Hard e Crazy (músicas dançadas em um único step, sendo "Normal" o mais fácil e "Crazy" o mais difícil) e Freestyle e Nightmare (músicas dançadas nos dois steps da máquina, sendo Freestyle de nível fácil a médio e Nightmare de médio a difícil).

Dois steps, um step... explica isso direito!

Músicas de um step são assim, ó:

Apenas um lado da máquina

Agora, se você quiser dar uma de coreógrafo e criar uma dancinha, o recomendado é que se dance com os dois steps. Assim...


Dominando geral os steps!

Sim, há uma razão para que chamem o estilo de dança de "Freestyle". Geralmente, é o estilo que as pessoas usam para CRIAR coreografias. Em cima dos steps fornecidos, você cria sua própria dança. Ok, você também pode criar coreografias para as músicas em estilo "single" (um único step), mas convenhamos, quer coisa mais fodástica do que sair andando pela máquina e dançando like a boss?

Se não conseguir criar algo assim, dança um Gangnam Style mesmo! Estiloso...

PORÉM, desde que começou a coleção Fiesta, as denominações mudaram. Como só havia cinco categorias de dificuldade, nem sempre elas correspondiam ao real nível da música. Já cansei de ver músicas em level "Crazy" que eram mais simples de dançar do que muitas outras em level "Normal". Ou vai dizer que isso aqui é coisa "normal"?


Combos like a boss!

Aí, pensando nesse tipo de situação, a Andamiro resolveu modificar a forma de classificação das dificuldades. Agora, elas são todas numeradas (Level 01, 02, 13, 20...), e uma mesma música pode ter mais de três níveis de dificuldades para Single Step (que antes eram "Normal", "Hard" ou "Crazy") ou Double Step (os antigos "Freestyle" e "Nightmare"). Ou seja, se você for jogar nas versões mais novas, não se esqueça que nessas máquinas a coisa é um teco diferente também!

Ok, e como tudo isso me ajuda no pós-ano novo?

Oras, do jeito mais simples e antigo do mundo: mexendo esse seu corpinho! Tudo bem que cada nível exige um condicionamento diferente, mas em geral você pode gastar até 90 kcal (ou mesmo mais) na brincadeira. Pode parecer pouco, mas considere que, se você dançar certinho, você dança de três (nas máquinas NX2 às atuais) a quatro músicas (nas versões mais antigas). Além disso, não pense que só andando você consegue gastar mais que isso, não!

Sem contar que as músicas da Pump são bem divertidas e, no melhor dos casos, você conhece gente bastante legal. Como o mais comum é jogar nas casas de jogos, sempre vai ter alguém para jogar junto ou esperando sua vez, então Pump It Up também leva o selo "Melhoria de Vida Social" da galera.

(vai que você encontra o homem/mulher da sua vida jogando Pump)

Ou seja, você dança, se exercita, conhece gente bacana, ainda ouve uma musiquinha (que por si só deixa tudo muito mais legal)... tem alguma desvantagem nisso?
Infelizmente, tem!

Como tudo que é bom nessa vida (a não ser que você tenha os jogos em PC ou PS2/XBOX), essas máquinas são pagas. E costumam ser BEM caras. Hoje em dia, a média de preço para dançar apenas uma ficha variam de R$ 2,00 a R$4,00. Uma fichinha vai lá, mas se a intenção é dançar pra aprender mesmo ou pra gastar as calorias extras do Combo Fim de Ano, a brincadeira pode sair meio salgada.

(saudades do tempo em que eu pagava só cinquenta centavos a ficha!)

Além disso, você só ganha direito à música seguinte se você tirar nota D para cima, e a música bônus se ganhar nota A ou S em todas as músicas anteriores (quase um colégio, isso). Ou seja, se você nunca dançou, segue aqui uma listinha de músicas boas para começar, bem simples e que vão garantir sua diversão por mais tempo - meio desatualizada, já que eu particularmente quase não joguei nas máquinas NXA e as Fiestas. Mas ainda assim boas opções!

Greenhorn
Valenti
Canon-D
Slam
Hold the Line
Go
Bad Character
Lovely
Too Late

Lembrando que nem todas as músicas estão disponíveis em todas as versões das máquinas. Valenti, por exemplo, não está disponível na máquina NX, enquanto Bad Character é uma música que só aparece a partir da NXA.

Agora, se você já dançou e conhece outras músicas boas, não perca tempo: compartilhe aqui nos comentários como foi seu aprendizado e quais músicas gosta mais. Dicas de outras pessoas é sempre bem vindo para quem está aprendendo a dançar.

Agora que você já conheceu a máquina, o jogo, já viu como ele funciona e quais músicas dançar, segue aqui bons links de onde achar o arcade ou quais estão disponíveis para PC e PS2/XBOX
Locais de dança: Em São Paulo - SP 
Locais de dança: Em Fortaleza - CE

(foram os que eu achei... sabendo de algum link, só comentar aqui embaixo)

Para PC: as versões disponíveis para jogar no PC são as Perfect Collection, Rebirth e The Prex 3.
Para PS2: Exceed SE, Exceed.
Para XBOX: Exceed.

Espero que a dica tenha agradado. Quem sabe, com isso, você não comece a praticar e logo logo você estará no Campeonato Nacional (PORQUE SIM, temos campeonatos de Pump It Up).

 Você pode ser o próximo!

Beijos e um bom 2013 para todos!

Postagens mais visitadas deste blog

Esmaltes: Especial Once Upon a Time

Biquini Anos 50

Batendo Perna: The Clock Rock Bar