Batendo Perna: The Clock Rock Bar

Todo mundo espera alguma coisa de um sábado à noite...
Ou vai dizer que você não?

Se tem uma coisa que eu adoro fazer é descobrir novos lugares para frequentar, sobretudo que sejam alternativos aos programas comuns de final de semana. Sair com os amigos pode ser uma experiência bastante diferenciada se a turma resolver tentar um lugar com propostas diferentes ou que tenham aquele “quê” especial, o diferenciado.

Como o Boreal Café adora informar sobre as coisas mais legais, o “Batendo Perna” será uma seção especial de posts que indicam lugares bacanas pra você, leitor, frequentar e curtir o sabadão ou o domingão, segundona, terça... ah, o dia que for melhor!

Não somos as pessoas mais viajadas do planeta, mas tentaremos ao máximo indicar lugares bacanas não só de SP (cidade onde vivemos), mas também de outros lugares desse nosso Brasil.
Mas, por enquanto, a primeira dica do Boreal vai ser para os moradores de Sampa mesmo, e para quem gosta de um bom rock anos 50 ou 60.

Brotinhos, tirem suas sainhas de bolinhas do guarda-roupa. Rapazes, passem gel nos cabelos (já que não tem mais brilhantina fácil por aí). E vamos dançar!

O The Clock Rock Bar
O The Clock é um barzinho todo decorado na vibe anos 50 e 60, e que tem como atração shows e aulas de dança de rockabilly.

.
.
.
Rock-o-quê?
Rockabilly é um estilo de dança comum da década de 50, surgido nos EUA, na fusão entre rock e o hillbilly (estilo similar ao country). Fez muito sucesso ao som de cantores como Elvis Presley, Bill Haley, Johnny Cash e cia.

Ou seja, você dança rockabilly ao som disso aqui...
Você gosta desse tipo de música? Espera ansiosamente por aquela festinha de escola, formatura ou casamento só para dançar músicas desse estilo?
Então, o The Clock foi criado para que você não fique esperando mais. E o melhor: para que você não pague mais nenhum mico na frente da sua família ou amigos e dance bem bonitinho, com os passinhos certos. Diferencial: as aulas de dança

Uma das coisas que acho mais legais no The Clock é que eles não tocam somente músicas anos 50/60, mas toda noite, quando a casa abre ao público, eles fazem uma aula demonstrativa com os passinhos básicos do rockabilly. Bem fáceis, os passinhos depois podem até ser usados em outros estilos de dança, como forró (SIM, FORRÓ), salsa e outras danças de salão.

Mas Lily, mas só tem os passinhos básicos? E se eu quiser ser “O Cara” do rockabilly? Ou ser rodada que nem um pião com alguém me guiando?
Calma, se o seu sonho é ser o Linkin Lark do século XXI (se você não sabe quem é Linkin Lark, aconselho que vá ver Hairspray!), o The Clock também oferece cursos de dança a um preço até que razoável... eu acho!

O curso dura quatro semanas, e a próxima turma será em janeiro, começando no dia 19. Mais informações abaixo!


O que mais tem?

Como toda boa casa noturna que se preze (desculpe, pra mim casa noturna que não tem isso, não serve #gordicefeelings), o The Clock também oferece drinks e comidas típicas dos anos 50 e 60. Sabe aqueles sanduíches e sundaes que a gente baba nos filmes e desenhos?
É, lá tem!

O que eu achei mais legal, no entanto, foi um drink não alcoólico (estou tomando antibiótico, gente, veio BEM A CALHAR) chamado BIQUÍNI DE BOLINHA AMARELINHO. Sim, os nomes dos drinks também são temáticos.

E fora as comidas e bebidas, também tem show ao vivo (com direito a violoncelo e tudo!) e uma lojinha que vende TUDO que você puder imaginar. Quando digo tudo, é TUDO. Saias rodadas, de bolinhas, vestidos coloridos, camisas da época, colares, tiaras, sapatilhas, sapatos. Ok, nesse caso o preço já não é TÃO acessível assim (paguei sete reais numa tiara... mas ela era linda, olhem a foto), mas ainda assim são produtos de qualidade e muito bonitos.
Não reparem no amarelo do meu cabelo... eu juro que a webcam que deixou ele tão gema de ovo assim!
Eu ainda quero aquela saia rodada vermelha

Informações importantes
Se você gostou do The Clock e tiver uma sexta/sábado livre, ficam aí as informações...
The Clock Rock Bar
Rua Turiassú, 806 - Barra Funda - São Paulo (SP)
Preço da entrada: Entre R$ 26 e R$ 32 (Homens) e R$ 22 e R$ 28 (Mulheres).
Direito à aula demonstrativa antes do show.
Comidas e bebidas à parte.
Ver programação e preços no site (http://www.theclock.com.br)
Próximo aos metrôs Palmeiras-Barra Funda (linha 3 – Vermelha) e Vila Madalena (Linha 2 – Verde)
A Manu diz que é só da Barra Funda, mas não liguem, também é bem perto da Vila Madoca

Se você ficou interessado nas aulas, segue os dados para matrícula:

MÓD 1 – INICIO EM 2013

SÁBADOS EM JANEIRO - INÍCIO EM 19/01 e TÉRMINO EM 23/02
Datas e horários das aulas: Sábado 19/01 das 14h às 15h
Não tem aula em 26/01 por conta do feriado de 25/01
Sábado 02/02 das 14h às 15h
Não aula tem em 09/02 por conta do carnaval
Sábado 16/02 das 14h às 15h
Sábado 23/02 das 14h às 15h
Valor por pessoa do Mód 1 Sábados: R$ 150,00 (cento e cinqüenta reais).
O pagamento é feito na primeira aula. Aceitam espécie, cheque pessoa física e cartões de crédito ou débito (Visa ou Master).
Espero que tenham gostado da sugestão. O Boreal Café recomenda!
(Aliás, eu também recomendo que, se você quiser aumentar a diversão, arrume uma roupinha anos 50. A maior parte dos frequentadores da casa usa, e fica muito mais legal dançar dessa forma. O traje não é obrigatório, lembrando, mas eu também acho bem legal se você puder)
Beijos

Postagens mais visitadas deste blog

Esmaltes: Especial Once Upon a Time

Biquini Anos 50

Resenha: A Culpa é das Estrelas